Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Saúde e Bem-estar

O Saúde e Bem Estar é um blog dedicado à divulgação e partilha de conselhos para adopção de uma vida mais saudável.

O Saúde e Bem Estar é um blog dedicado à divulgação e partilha de conselhos para adopção de uma vida mais saudável.

Saúde e Bem-estar

26
Mai19

A primeira corrida é a mais difícil: começar a praticar desporto

Maria Martins

Praticar desporto é como aprender uma nova língua. No início parece um mundo estranho, damos muitos erros e chega a parecer uma perda de tempo. Mas é preciso insistir. Como dizia a minha professora de Francês, “il faut pratiquer, pratiquer, pratiquer”. Se for possível, todos os dias.

 

Das primeiras vezes que andamos de bicicleta, caímos. Das primeiras vezes que nadamos, aguentamos pouquíssimo tempo debaixo de água. Ainda se lembram disso? Começar a ir ao ginásio, ou começar a praticar qualquer desporto, é exactamente igual. Custa no início, mas depois vamos adquirindo prática, adquirindo vocabulário e coisa começa a dar-se naturalmente. Com o tempo, torna-se algo que queremos fazer, sem qualquer tipo de sacrifício.

 

 

Na verdade, fazer desporto só tem vantagens: deixa-nos de bom humor, combate a ansiedade e a depressão e melhora a nossa forma física. O que, por sua vez, contribui para o nosso bem-estar geral. Não podemos pôr a alimentação numa gaveta, o exercício noutra e a paz de espírito numa terceira. É preciso encarar a vida segundo uma visão holística, e partindo desta orientação é inegável que exercício físico também influencia.

 

Claro que no início vai custar entrar na rotina, aguentar as dores dos primeiros treinos, aprender coisas novas. Quem está em baixo de forma vai sentir que não tem resistência nenhuma e ficar sem fôlego num instante. Mas é preciso focar-nos no objectivo final: melhorar a nossa forma física e uma vida mais equilibrada. Relembrar-nos que só custa começar, porque em breve se vai tornar num hábito.

 

E quando melhor para fazer do que agora, que chegou o bom tempo? Corram nos jardins, marquem um jogo de futebol com os amigos, atravessem a cidade a pé… Aproveitem para fazer desporto e estar em contacto com a Natureza, porque não há melhor programa de fim de semana.

 

26
Mai19

Erros a Evitar Quando Fazemos um Detox

Maria Martins

Estamos na época alta do “detox”. Bebidas sem açúcar, chá frio, matcha, infusões com gengibre e suminhos incríveis com beterraba e romã. Mas não deite todo o esforço pela janela fora ao cometer estes erros!

 

Alimentos ricos em gordura

Claro que todos sabemos que devemos evitar os alimentos ricos em gordura. O problema está em detectar os alimentos com gordura escondida! As “chips” de vegetais e os “mix” de vegetais que se vendem no supermercado, óptimos para um snack, são um bom exemplo - procure fazer as suas chips em casa, no forno. O mesmo acontece com as bolachas sem açúcar que, embora “diet”, são ricas em gorduras.

 

Atenção aos alimentos sem açúcar

Muitas vezes, os produtos sem açúcar em edulcorantes, corantes ou aromas químicos para “compensar”. Estas substâncias não são precisamente saudáveis, por isso evite ingerir esse tipo de produtos. Se está a olhar para sumos e bebidas sem açúcar como alternativa saudável, prefira o chá, as águas com gás e sumos naturais de fruta. Pode usar uma rodela de laranja, limão ou lima e folhas de menta para dar outro gosto à água.

 

Saltar refeições

Saltar refeições pode evitar que ingira calorias, mas não é uma boa política. Quando passamos muito tempo sem comer, o corpo entra em stress. O fígado, os rins e até o sistema circulatório entram em falência. Além disso, o corpo tenta compensar ao gastar as reservas de gordura e proteína, o que acaba por resultar na perda de massa muscular. Em vez de saltar refeições, faça refeições leves à base de carnes brancas, peixe e vegetais.

 

Fuja das dietas líquidas

Outra moda das dietas detox é passar dias a consumir apenas líquidos. Tal como saltar refeições, isto não é benéfico para o seu corpo - neste caso o fígado vai trabalhar demais para compensar. Aliás, uma dieta pobre em calorias pode levar a desmaios, dores de cabeça e falta de energia. E se não se sentir bem, vai acabar por se desmoralizar! É preferível seguir uma dieta com mais calorias mas que consegue manter.

 

Mais sobre mim

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D